EESP/FGV revela o custo do trabalhador no Brasil

O Centro de Microeconomia Aplicada da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EESP) em parceria com a CNI (Confederação Nacional da Indústria) apresentou, na quarta-feira (23), uma pesquisa inédita sobre os custos dos trabalhadores no Brasil.
Qual é o custo de um trabalhador para a empresa? Os anos de trabalho aumentam ou diminuem esse custo? Qual é o peso da legislação trabalhista no custo do trabalho? Quanto custa para a empresa manter ou demitir um colaborador? Quanto custa para treinar um novo funcionário? Esses são alguns dos temas que foram respondidos depois de dois anos de estudos em empresas do setor têxtil. Vale ressaltar que a metodologia utilizada para essas empresas pode ser aplicada em outros setores para medir o custo da legislação trabalhista no Brasil.
 
Clique aqui para acessar o relatório da pesquisa.
Clique aqui para acessar a planilha de simulação de cálculo do custo do trabalho.
 
 

                                                                                                                                                                 

Educação Executiva Presencial, Customizada e a Distância

                                                                                                                                                70 Anos FGV            FGV Notícias         FGV News