Projects

 
Analyses of Experiences in Labor Market: Promoting the productivity of workers and companies through relevant and cost-effective workforce training mechanisms. LAC and Korea, Lessons Learned in Development

(Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID))

André Portela, Lycia Lima, Thiago de Lucena, Amanda Arabage, Sammara Cavalcanti e Juliana Camargo. 

This study was developed to be presented at the Knowledge Sharing Forum on Development Experiences: Comparative Experiences of Korea and Latin America and the Caribbean in Busan, Korea. Both Brazil and Korea have produced a study of their vocational education systems in order to share experiences, discuss trends and allow for constructive comparative analysis between the two countries.

The Brazil study has analyzed the unprecedented surge in the emphasis given to the role of vocation education and training in the country. The coverage of vocational education in Brazil is low, but it has an increasing trend, with private sector provision playing a very important role in the Brazilian system. Alongside of undeniable advancements pertaining to the recent surge of VET in Brazil, there are also several challenges, including the mismatch between supply and demand of professional skills, school evasion and lack of transparency by the government and VET providers.
 
The study conducted by the Korea Research Institute for Vocational Education and Training emphasized the importance of continually updated knowledge in a      context of constant technological change. As Brazil, the Korean government has played a key   role in establishing the vocational educational system.  The current policy intervention aim at  shifting the central government-led towards a locally based demand driven model, leading to a public-private partnership in the provision of vocational education in the country.
 

"Vocational Education and Training in Brazil: Knowledge Sharing Forum on Development Experiences: Comparative Experiences of Korea and Latin America and the Caribbean ".

 
 
Estudo dos Programas de Educação de Jovens e Adultos e de Ensino Médio Articulado com Educação Profissional em Santa Catarina
 
(Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID))
 
André Portela, Vladimir Ponczek, Lycia Lima, Amanda Arabage, Juliana Camargo, Sammara Cavalcanti, Victor Mattos, Bernardo Modenesi, Dalila Figueiredo, Lya de Oliveira, Tatiana Sandim e Karina Bugarin. 
 
O projeto é uma cooperação técnica entre o BID, a Secretaria de Educação de Santa Catarina e a FIESC. O objetivo da pesquisa é avaliar e aprimorar a transição escola-trabalho no estado de Santa Catarina. Para tal, será necessário mapear as múltiplas ofertas existentes pela Secretaria de Educação e pela FIESC, conhecer e sistematizar as ofertas, identificar eventuais dificuldades ou pontos positivos para aprimorar a oferta e conhecer as brechas entre a oferta da parte das escolas e a demanda por parte dos empregadores. 
 
 
 
Avaliação Experimental do Projeto "FEAC na Escola"
 
(Fundação FEAC)
 
André Portela, Priscilla Tavares e Amanda Arabage.
 
O projeto busca analisar os impactos da segunda edição do projeto “FEAC na Escola”, que consiste em uma parceria entre a Fundação FEAC e dez escolas da rede pública da região de Campinas. Entre os resultados de interesse estão indicadores de proficiência, aprovação, reprovação e abandono escolar.
 
 
Avaliação de Impacto do Projeto ReDes

(Instituto Votorantim)

André Portela, Lycia Lima, Dalila Figueiredo, Eduardo Cenci e Juliana Camargo.

O Instituto Votorantim e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, com apoio das empresas do Grupo Votorantim, se uniram em 2010 para a realização do Programa ReDes, que tem por objetivo contribuir com o desenvolvimento sustentável de municípios brasileiros. A iniciativa é implementada em 28 municípios brasileiros, em 12 estados e no Distrito Federal, com indicadores socioeconômicos críticos e a presença de uma unidade da Votorantim na região. A avaliação de impacto do projeto será realizada para identificar, a partir de metodologia quantitativa rigorosa, a  influência que o programa tem sobre o bem-estar dos beneficiários e desenvolvimento das comunidades atendidas a partir do cálculo do impacto sobre indicadores de resultados intermediários e finais.

 

Projetos de Pesquisas Acadêmicas do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI/MS)

(Hospital Samaritano)

André Portela, Paulo Arvate, Cristine Pinto, Dante Gambardella, Enlinson Mattos, Fabiana Rocha, Klenio de Souza Barbosa, Priscilla Tavares, Sergio Firpo, Veronica Orellano e Vladimir Ponczek.

Este projeto tem como objetivo a realização de pesquisas acadêmicas para o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI/MS) na área de Economia da Saúde, nos temas: gasto público com a aquisição de medicamentos genéricos, os efeitos do saneamento básico em indicadores de saúde, avaliação do impacto da descentralização sobre a qualidade da saúde nos municípios brasileiros e os determinantes do mercado de saúde suplementar brasileiro - características dos planos de saúde valoradas pelos indivíduos. Os resultados das pesquisas serão divulgados no Seminário Internacional em Economia da Saúde a ser realizado em Agosto de 2013.

 

Avaliação do Projeto "FEAC na Escola"
 
(Fundação FEAC)
 
André Portela, Walter Mesquita Hupsel e Priscilla Tavares.
 
O projeto busca analisar os impactos do projeto “FEAC na Escola”, que consiste em uma parceria entre a Fundação FEAC e sete escolas da rede pública da região de Campinas. As escolas foram escolhidas por meio de monografias feitas pelos seus diretores para o desenvolvimento de ações que melhorem o rendimento acadêmico dos alunos. Entre os resultados de interesse estão indicadores de proficiência, aprovação, reprovação e abandono escolar.

 

PROCAD Casadinho

(CNPq)

André Portela e André Carraro.

O presente projeto apresenta uma proposta de cooperação técnica e de integração dos grupos de pesquisa pertencentes ao Programa de Pós-Graduação em Organizações e Mercados da Universidade Federal de Pelotas (PPGOM/UFPEL), programa não consolidado, e do Programa de Mestrado e Doutorado em Economia da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (EESP/FGV), programa consolidado, para o edital Casadinho-PROCAD, Ação Transversal n.6 de 2011. Os objetivos da integração dos programas podem ser sintetizados em dois. O primeiro deles é o desenvolvimento do centro não consolidado através do intenso contato de ensino e pesquisa entre os profissionais e estudantes dos dois centros. Esse objetivo atende tanto a necessidade do PPGOM em se desenvolver e se consolidar como centro de excelência, quanto à missão da EESP/FGV na formação de recursos humanos de alta qualidade no país. Já o segundo objetivo é o desenvolvimento da linha de pesquisa em microeconomia aplicada a questões sociais em um pólo regional. Este é um objetivo importante uma vez que os principais centros de excelência em pesquisa na área de microeconomia aplicada com ênfase em questões sociais estão localizados na região sudeste do Brasil.

 

Avaliação do Programa "Comunidades de Aprendizagem: Amazônia do Caboclo pelo Caboclo da Amazônia"

(Fundação Telefônica)

André Portela , Bruno Oliva e Priscilla Tavares.

Este projeto tem como objetivo fazer uma avaliação qualitativa do programa “Comunidades de Aprendizagem: Amazônia do Caboclo pelo Caboclo da Amazônia”,  desenvolvido em algumas comunidades em Belterra (PA). O programa é uma iniciativa da Fundação Telefônica em parceria com o Programa Saúde & Alegria e visa contribuir para a inclusão de comunidades ribeirinhas no mundo digital através do uso de aparelhos celulares e conexão 3G.

 

O Impacto de Políticas Públicas Educacionais Selecionadas no Desempenho Escolar dos Alunos da Rede Pública de Ensino

(BNDES)

André Portela, Cristine Pinto, Priscilla Tavares, Sergio Firpo e Vladimir Ponczek.

O objetivo é avaliar o impacto de determinadas políticas públicas em educação sobre o sucesso educacional dos estudantes, especialmente políticas voltadas à primeira infância, políticas que visam alterar a estrutura de incentivos dos agentes envolvidos no processo educacional e ações que buscam dotar as escolas com certos insumos considerados chaves para o aprendizado.

 

Custo do trabalho no Brasil

(Confederação Nacional da Indústria)

André Portela, Eduardo Zylberstajn, Felipe Garcia, Sergio Firpo, Vladimir Ponczek.

O objetivo deste estudo é desenvolver uma metodologia para a aferição do custo do trabalho no Brasil e medir o peso da legislação trabalhista sobre tal custo e discute novas opções para organizar e modernizar o debate do custo trabalhista no Brasil, abrindo espaço para novas avaliações teóricas e empíricas.

 

Projeto de Análises Econômicas Aplicadas às Políticas Públicas
 
(Secretaria Assuntos Estratégicos da Presidência da República - SAE/PR)
 

André Portela, Andrezza Rosalem, Cristine Pinto, Lycia Silva e Lima, Priscilla Tavares, Samuel Franco, Sergio Firpo e Vladimir Ponczek.

Este projeto tem como objetivo apoiar a SAE/PR com dados e insumos técnicos, no desenvolvimento dos temas sociais estratégicos, eleitos como prioritários para a formulação de novas políticas públicas sociais ou no aperfeiçoamento de existentes.

 

ISDM - Indicador Social de Desenvolvimento dos Municípios

(EESP/FGV)

André Portela Souza, Cristine Pinto, Vladimir Ponczek e Amanda Arabage.

Manutenção do Indicador Social de Desenvolvimento dos Municípios (ISDM), que tem como objetivo sintetizar em um único indicador vários aspectos referentes ao desenvolvimento social de um município. Dessa forma, torna-se possível, através de um indicador sintético, a comparação do desempenho dos municípios entre si, além da comparação ao longo do tempo da performance dos entes federativos nas dimensões analisadas. O ISDM abrange cinco dimensões: Habitação, Renda, Trabalho, Saúde  e Segurança e Educação. Essas dimensões e as variáveis que as compõem foram escolhidas de maneira a englobar algumas das questões mais prementes nas políticas públicas direcionadas para o município.

 

Construção de Indicadores Sociais
 
(EESP/FGV)
 
André Portela Souza, Cristine Pinto, Samuel Franco, Vladimir Ponczek.
 
Constitui-se num curso com foco teórico e empírico, destinado a alunos de graduação e pós-graduação, em que se discutem as opções metodológicas para a construção de indicadores sociais e estimam-se medidas municipais de pobreza, desigualdade de renda, bem-estar social, polarização entre outras.

 

Caminhos para melhorar o aprendizado

(Instituto Ayrton Senna e Todos Pela Educação)

André Portela, Cristine Pinto, Ricardo Paes de Barros.

O objetivo é identificar o que a evidência empírica da literatura nacional e internacional disponível nos ensina sobre as melhores práticas educacionais em tópicos como jornada e calendário escolar, qualificação e experiência do professor etc.

 

Avaliação do impacto do MBA in company/FGV sobre produtividade e estoque de capital humano das empresas

(FGV)

André Portela, Bruno Oliva, Priscilla Tavares, Sergio Firpo.

O objetivo é propor uma metodologia de mensuração dos efeitos do FGVIC sobre produtividade e retenção de trabalhadores nas empresas conveniadas. O foco será restrito a cursos do tipo MBA, por serem esses os cursos mais homogêneos, com duração e carga padronizadas e o principal produto da FGVIC.

 

Uma análise de fluxos e impactos associados à educação de jovens e adultos de ensino médio no Brasil

(Instituto Unibanco)

André Portela, Priscilla Tavares, Vladimir Ponczek.

O trabalho descreve o fluxo escolar no ensino médio regular e EJA de forma a investigar a hipótese de rivalidade entre as duas modalidades. Também se avaliam os impactos da EJA sobre a formação educacional futura e o engajamento e retornos no mercado de trabalho.

 

Pesquisas em Qualidade da Educação

(INCT, parceria com EPGE/FGV e CAEN-UFC)

André Portela, Maria Carolina Leme, Sergio Firpo, Vladimir Ponczek.

O foco deste projeto é o desenvolvimento de estudos que avaliem a contribuição de fatores pessoais e escolares sobre o desempenho escolar dos alunos, bem como a importância de algumas políticas públicas educacionais adotadas nos últimos anos.

 

Efeitos da Justiça Trabalhista na determinação de salários

(Edital Universal – CNPq)

Vladimir Ponczek.

O objetivo deste trabalho é desenvolver um modelo que capture as dinâmicas do mercado de trabalho na presença da legislação trabalhista e da justiça do trabalho brasileiras e simular o comportamento do mercado de trabalho após alterações na legislação.

 

Escolha ótima de parâmetros de suavização para estimadores em desenhos de regressão descontínua com múltiplas descontinuidades

(Edital Universal – CNPq)

Cristine Pinto, Sergio Firpo

 

Viés de auto-seleção e impactos dos programas de transferências condicionais de renda no Brasil

(Edital Universal – CNPq)

André Portela

O objetivo do trabalho é avaliar o impacto dos programas condicionais de transferência de renda sobre a formação de capital humano (frequência à escola, progressão escolar e trabalho infantil), corrigindo o viés de auto-seleção por meio de modelos estruturais.

 

Os determinantes do fluxo escolar entre o ensino fundamental e o ensino médio no Brasil

(Instituto Unibanco)

André Portela, Bruno Oliva, Vladimir Ponczek.

O estudo visa verificar os determinantes da matrícula e permanência no ensino médio, medindo a importância das características socioeconômicas e do mercado de trabalho para os indicadores de fluxo nesta etapa da escolarização.

 

O impacto da divulgação do IDEB sobre a alocação de recursos na escola

(INEP - Núcleo de Estudos em Educação)

André Portela, Renan de Pieri, Sergio Firpo.

O artigo pretende verificar se a divulgação do IDEB afeta a ação dos gestores no direcionamento de recursos para as diversas escolas, ou seja, se os gestores respondem aos incentivos de soft accountability na alocação de recursos.

 

Descentralização do ensino fundamental e gestão dos recursos para a educação: um estudo a partir de indicadores municipais de eficiência

(INEP - Núcleo de Estudos em Educação)

Ana Carolina Zoghbi, Enlinson Mattos, Fabiana Rocha, Verônica Orellano.

Este trabalho discute como medir descentralização no setor de ensino público fundamental e verificar como as diferentes medidas propostas são correlacionadas. Também se analisam os efeitos desses processos de descentralização sobre a gestão dos recursos destinados à educação fundamental, sobre a eficiência na produção de serviços educacionais.

 

Impactos dos métodos estruturados de ensino sobre a média e desigualdade de desempenho dos alunos da rede pública municipal do estado de São Paulo

(INEP - Núcleo de Estudos em Educação)

André Portela, Maria Carolina Leme, Paula Louzano, Vladimir Ponczek.

O artigo verifica se a adoção de métodos estruturados afeta o desempenho dos alunos na rede pública, por meio da estruturação de conteúdos curriculares e atividades pedagógicas, adoção de material didático para alunos e capacitação para professores.

 

Uma análise do exame nacional do ensino médio como sistema de incentivo à melhoria da qualidade do ensino básico

(Capes – Observatório da Educação)

Rafael Camelo, Vladimir Ponczek.

O trabalho avalia o impacto da divulgação das notas do ENEM ao público sobre insumos escolares, desempenho e perfil dos alunos, por meio do incentivo que exerce sobre professores e diretores.

 

Cor e desempenho: o papel da escola, do professor e dos colegas na proficiência dos alunos negros no Brasil

(Capes – Observatório da Educação)

Bruno Lana, Maria Carolina Leme.

Este trabalho verifica o comportamento do diferencial de notas entre alunos brancos e negros ao longo da vida escolar, após o controle de características pessoais e familiares do aluno, ao medir o impacto dos insumos escolares, da cor dos professores e dos colegas de classe no desempenho do aluno negro.

 

O regime de ciclos de aprendizagem e a heterogeneidade de seus efeitos sobre a proficiência dos alunos

(Capes – Observatório da Educação)

Sandro Carvalho, Sergio Firpo.

Neste artigo avalia-se o impacto da adoção do regime de ciclos ao longo da distribuição intra-classe de proficiência em matemática e em língua portuguesa. A população de interesse é o das crianças matriculadas nas 4ª e 8ª séries (5º e 9º ano).

 

Medindo a qualidade das escolas: evidências para o Brasil

(Capes – Observatório da Educação)

André Portela e Andreia Curi.

Nesse artigo revisitam-se os fatores de família, escola e gestão a fim de identificar quais elementos têm maiores impactos sobre os resultados de educação como proficiência e aprovação.

 

O planejamento estratégico como instrumento de fortalecimento da capacidade institucional das secretarias de educação

(Capes – Observatório da Educação)

Fernando Luiz Abrucio, Mário Aquino Alves.

O trabalho estuda as reformas educacionais realizadas pelos governos estaduais de Minas Gerais, Pernambuco, Espírito Santo e São Paulo, principalmente em sua vertente orientada para a gestão de resultados.
 

                                                                                                                                                                 

Educação Executiva Presencial, Customizada e a Distância

                                                                                                                                                70 Anos FGV            FGV Notícias         FGV News